segunda-feira, 21 de maio de 2018

Anjo do dia 21/05- Anauel- Deus de infinita bondade- 09/03- 02/08- 14/10-26//12-


Missão e aquilo que vc trás de outras vidas.



MISSÃO: Abençoa o progresso e a cultura. Imprime características como a originalidade, a sabedoria, á benevolência. Protege os seus protegidos de acidentes de transito, ou quem pedir proteção, para esse tipo de acidentes. Planeta correspondente: Mercúrio. Hora da visita: 20h40ás20h59. Salmo: 02. ( para alcançar um objetivo especial em sua vida.) Cor: Verde. Dia da semana: quarta-feira. Elemento: Ar. Pedra: Esmeralda. MANTRA: " Sirvo o meu Senhor com todo o respeito, jamais o deixarei irado. Feliz eu sou por repousar e me obrigar sob o Senhor!" Caso vc tenha que marcar, uma viagem, mudança de casa assinar alguma coisa importante, procure sempre faze-lo em Abril. Seu anjo o ajudará a encontra sua espiritualidade. Protegerá contra problemas de saúde conservará sua família de influencias negativas. Será sutil, sagaz e incentivador. Agir como um verdadeiro intermediário entre o céu e a terra. Será visivelmente iluminado e conseguirá discernir os problemas das pessoas a sua volta. Possivelmente em outras encarnações era adepto a magia para o bem da humanidade. Será avido para conhecimentos, lendo e absorvendo livros, para seu engrandecimento pessoal, e para as pessoas que vivem a sua volta. Terá fácil adaptação em qualquer lugar que estiver. Não terá preocupação com a sua segurança. Sua inteligência critica simbólica e ordenada, fará com que tenha dificuldade para encontrar seu parceiro. Não se preocupa com doenças, pois acredita na máxima: " corpo são mente sã ". Terá excesso de bondade, e será sua grande qualidade. Profissionalmente poderá ser um excelente antropólogo ou paleontólogo, será possível mudar a historia. Poderá destacar-se pelo estudo da filosofia, esotérica. E para terminar, a profissão que escolher será destaque, e respeito das pessoas com total sucesso. Caso vc insistir de não ser espiritualizado, vc terá bastante dissabores, como, dominar a loucura, desperdício, protestos por dividas acumuladas, má conduta arrogância, e viver pedindo dinheiro emprestado. Para nunca poder pagar.



                                   FAMOSAS  VISÕES  HISTORICAS  DE  ANJOS


Nesta seção, em capítulos diários você conhecerá os relatos de algumas das mais famosas visões de Anjos ao longo das eras, extraídos, de textos de Ezequiel, Enoque, São João e Daniel. Eles incluem visões da esfera celestial mais elevada onde está o trono de Deus.


                                                                                DANIEL



Enquanto eu contemplava, foram colocados os tronos e um ancião chegou e sentou. Brancas como neve eram sua vestes, e tal como pura lã era sua cabeleira; seu trono era feito de chamas, com rodas de fogo ardente. Saindo de diante dele, corria um rio, de fogo. Milhares e milhares o serviam, dezenas de milhares o assistiam.  ( Daniel 7:9-10.)


                                                                                        ENOQUE





Eu olhei e vi o trono imponente; sua aparência era de cristal, e as rodas eram como o sol brilhante, e havia a visão de um querubim. De parte de baixo desse trono saiam rios de fogo flamejante, tornando impossível olhar para ele. E a grande Gloria estava ali em seu trono e Suas vestes brilhavam mais do que o sol e eram mais brancas do que a neve. Nenhum dos Anjos podiam entrar e fitar Sua Face. Devido á gloria, e nenhum mortal poderia fita-lo. O fogo flamejante o rodeava, e um grande fogo elevava-se diante dele, de modo que ninguém entre as miríades e miríades que O cercavam podia se aproximar dele.  ( primeiro livro de Enoque 18b-23a )


                                                                                         ELIAS




Elias e seu filho continuaram o seu caminho entretidos a conversar, quando de repente um carro de fogo com cavalos de fogo  os separou um de outro, e Elias subiu ao céu num turbilhão. Vendo isso, Eliseu exclamou : " Meu pai, meu pai! Carro e cavalaria de Israel!! " E não o viu mais. ( Segundo Livro dos Reis 2:11-12. )

                       




Por ser pai de Nosso Senhor, São José teve privilégios e perfeições singulares… Descubra quais são aqui

São José, por ser pai de Nosso Senhor na terra, teve privilégios, dons e virtudes maiores que todos os outros santos.
Atribuem ao Santo Esposo de Maria privilégios e perfeições que na verdade dificilmente podem ser contestados.
Alguns têm mesmo sólidos fundamentos. Ei-los:
1° —Santificação no seio materno.
2.° —Impecabilidade.
3.° —Virgindade perpétua.
4.° —Ressurreição.
Santificação no seio materno
santificação de S. José no seio materno foi defendida pela primeira vez pelo célebre Gerson, o sábio chanceler da Universidade de Paris. Esta prerrogativa foi possuída pelo Profeta Jeremias S. João Batista.
Daquele se lê na Escritura: “’ Anteqnem exires de vulva sanctificavi te” (Jer. I, 5): “Antes de saíres do seio de tua mãe eu te santifiquei”. E de João Batista diz o Evangelho: “Spiritu Sancto replebitur adhuc ex utero matris suae” (Luc. I, 15): “Será cheio do Espírito Santo desde o seio de sua mãe”.
Ora, José maior que João Batista pela união com Cristo, e incontestavelmente mais santo é maior que Jeremias, não teria o privilégio da santificação no
seio materno?
Gerson defende a sua tese ante a venerável assembleia do Concilio de Constança, e não poucos autores o seguem depois: Santo Afonso de Ligório aceita e defende esta opinião e bem assimIsolano, Cartagena, Bernardino de Bustes e muitos outros teólogos e santos.
Impecabilidade
Outro privilégio é o da impecabilidade.
S. José foi confirmado em graça de tal modo que pode evitar todo pecado,
até o venial!
José, diz o Cardial Lepicier, nunca manchou a sua alma com a mais leve sombra de pecado em toda a sua vida mortal(1).
Todos os Autores em geral admitem sem contestação a impecabilidade de S. José. Jesus é santo e impecável por natureza, cheio de graça, Deus absoluto e infinito.
Maria é santa e impecável não por natureza absolutamente, mas por singular privilégio de Deus,como disse Pio IX, foi preservada do pecado original, em atenção aos méritos de Jesus Cristo.
José é também santo e impecável pessoalmente, cheio de graça e confirmado em graça evitou todo pecado.
Nunca manchou a candura de sua alma virginal e santíssima. Assim o exigiam o lugar que ocupou na Sagrada Família, as relações íntimas com Deus e com a Mãe de Deus.
(1) Tractatus de S. Joseph, P. II, art. 2-10.)
Virgindade perpétua
A virgindade perpétua é outra coroa de glória do santo Patriarca. A Escritura nada fala da virgindade de S. José, mas a Tradição nos guarda e garante esta opinião com segurança.
A Tradição teológica, escreve o Pe. Cantera, reprova todos os erros contra esta doutrina e afirma unanemente a Virgindade de S. José, e hoje podemos afirmar que é uma verdade teologicamente certa, da qual não é lícito a nenhum cristão duvidar”(1).
Santo Atanásio, S. Jerônimo, Santo Agostinho, S. Beda Venerável, Santo Tomás de Aquino,defendem com ardor e sólida argumentação, a virgindade perpétua de S. José.
É célebre a resposta de S. Jerônimo ao herege Helvídio: Dizes, que Maria não ficou Virgem. Pois não só defendo e afirmo a Virgindade de Maria, como digo ainda mais: por Maria foi Virgem também S. José(2).
 (1) Cantera – San José en el Plano Divino (2) Adv. Helv. n° 19.
Ressurreição
Finalmente, um grande privilégio atribuído ao Santo Patriarca é o da Ressurreição.
Um corpo tão puro e virginal e santo como era o de S. José, convinha estivesse reunido à alma no Céu, como esteve na terra.
Depois de pago o tributo à morte e cumprida a lei que nos condena a morrer pelo pecado de Adão, convinha ao corpo de S. José ressuscitar glorioso e triunfante. José morreu nos braços de Jesus e Maria e foi sepultado piedosamente.
Diz S. Mateus, que na morte de Jesus ressuscitaram mudos corpos de santos que haviam morrido(1). E acrescenta que vieram à cidade e foram vistos por muitos. Santo Tomás afirma que os que ressuscitaram então não voltaram à sepultura, mas foram com Cristo ao Céu.
Pois entre os ressuscitados, segundo a opinião de muitos teólogos e exegetas, estava S. José.Knabenbauer observa que os que ressuscitaram na morte de Cristo não foram os justos antigos, desconhecidos do povo, mas os que haviam falecido havia pouco tempo, afim de que todos vissem e atestassem o prodígio e cressem na ressurreição de Cristo (2)
Ora, ninguém era mais conhecido que José. Não chamavam todos a Jesus: o filho do carpinteiro? Por isso, diz Suarez, é opinião comum e muito provável a ressurreição de S. José e a subida ao Céu em corpo e alma com Jesus Cristo.
Não há inconveniente algum em crer nesta opinião, embora não conste na Revelação, e não se possa afirmar com absoluta certeza, diz o sábio Pontífice Bento XIV.
(1) Mat. XXVIII,52
(2) Knabenbauer In Math. C.27 v.3.
*   *   *
Fonte: retirado do livro “São José” de Mons. Ascânio Brandão.






OBRIGADO PELA SUA VISITA    VOLTE SEMPRE.







Fonte: Conheça seu Anjo: EDT. Nova Cultural.
Fonte: Á bíblia dos Anjos: EDT. Pensamento.
Fonte: Anjos Cabalísticos:  EDT. Companhia dos Anjos.
Fonte: Salmos que curam:  EDT.  Alto Astral.
Fale comigo:  jacintavs1@gmail.com